Por IOB Concursos

Três dicas de ouro para garantir sua aprovação em concursos públicos por Daniel Fuman

Daniel Fuman é funcionário público e formado em Direito. Já prestou mais de 30 concursos públicos e empossou cargos no IBGE e INSS. Atualmente é Analista Judiciário do TRT-RS e criador do blog www.danielfuman.com que traz notícias sobre concursos do TRT, TER. TRF e MPU.

Você é aquele candidato que estuda muito, mas tem dificuldade de alcançar o resultado desejado? Então, conheça três dicas que irão potencializar seu desempenho.
Na maratona de estudos, o candidato encontrará muitas dicas de como estudar para concurso, atalhos e métodos de estudo. Aliás, cada candidato constrói os seus. Mas de forma essencial, quais são os fatores que alavancam um candidato às primeiras colocações?
            A meu ver, são três os fatores:
1- FOCO. Parece fácil, mas uma das maiores dificuldades de quem está se preparando para um concurso público é conseguir identificar um determinado cargo público e manter-se focado nele.
Se você quer prestar concurso público para Analista do Supremo Tribunal Federal, por exemplo, crie um plano de estudo para este concurso público. Durante sua preparação, verá outros concursos públicos abertos e você ficará tentado a sair do seu foco e iniciar uma nova maratona de estudos para outro concurso que, muitas das vezes, não possui matérias em comum com o concurso que você realmente deseja.
 Caso saia do seu foco, terá que estudar matérias que não possui afinidade, demorando a compreender determinados assuntos, perdendo tempo em não estudar para o concurso público objeto do seu foco e, provavelmente, mais uma vez não conquistará a aprovação. Agindo desta forma, você não terá tempo de estudo suficiente para concorrer em igualdade com os demais candidatos e, quando sair o edital do STF, você também não estará devidamente preparado para alcançar as primeiras colocações, pois você apenas perdeu tempo estudando outras disciplinas.
Assim, recomendo que você identifique o cargo público desejado e elabore um plano de preparação, com curso preparatório para concursos, determinando as matérias que estudará em cada dia da semana. Se você for prestar outros concursos, faça apenas se forem na mesma área, que aproveitem a maioria das matérias, de preferência com a mesma banca do concurso público desejado e com um objetivo bem definido: fazer estes outros concursos apenas como estratégia de estudo, desejando identificar as disciplinas que precisam de maior atenção.

2- DETERMINAÇÃO. Qual candidato que, durante sua preparação, não foi convidado a ir a uma balada, show ou jogo de futebol? Mas não são apenas as baladas, shows e jogos que tentam tirar o futuro servidor público da sua rotina de estudos. O candidato a um cargo público deve estar muito atento para não perder o precioso tempo com conversas através do celular, redes sociais e televisão. Use-os, mas apenas o necessário. Após sua nomeação você terá muito tempo (e dinheiro!) para se distrair com eles.
Saber dizer ‘não’ e continuar sua preparação, mesmo nos finais de semana, é atributo dos melhores candidatos, daqueles que alcançam as primeiras colocações nos concursos públicos.

3 - PERSISTÊNCIA. Nenhum funcionário público vai afirmar que a conquista do cargo público se deu de forma fácil. Dificilmente ele foi conquistado na primeira tentativa. A maioria dos aprovados prestou inúmeros concursos públicos até encontrar um método de estudo melhor adequando à sua aprendizagem. Foram aprendendo com os erros e a cada concurso foram melhorando. E com você não será diferente. Se os resultados não aparecerem logo, continue em frente, procure identificar as disciplinas que possui maior dificuldade, refaça seu planejamento de estudos e continue estudando. E muito!

            Se você conseguir identificar de forma clara o cargo público que deseja e as tentações que querem reduzir sua determinação, além das pessoas e fatores que o desestimulam a continuar sua maratona, parabéns! Você está no caminho certo. Em breve terá êxito nos concursos públicos e estará assumindo o cargo que tanto almeja.

Bons estudos!

Daniel Fuman
Analista Judiciário do TRT-RS e criador do blog: www.danielfuman.com


Nenhum comentário:

Fazendo cópias

Grandezas Proporcionais Uma impressora faz 75 cópias em dois minutos e meio. O tempo gasto para fazer 2700 cópias é: a) 3 horas b) 2,5 ...